X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

ebay-talented-women_1536x1536_original
SEO

Como Utilizar o SEO para Recrutar os Melhores Talentos

O SEO é uma ferramenta extremamente poderosa até para atrair talentos.

Considere os seguintes fatos:

  • De acordo com Barbara Ashton, uma recrutadora especializada em executive search, as agências de headhunting cobram de 15% a 25% do rendimento total dos seus candidatos no seu primeiro ano de trabalho.
  • Existem 729.800 pessoas cheias de talento buscando emprego em pesquisas no Google, todo mês (número relativo ao período de abril a maio de 2016).

É fácil, portanto, chegar à seguinte dedução:

  • Muitos trabalhadores talentosos estão procurando emprego no Google.
  • Você pode se utilizar do SEO para atrair essas pessoas e, assim, reduzir o custo para a contratação de um novo funcionário.

A seguir, vou lhe mostrar a como fazer uso do seu conhecimento de SEO para recrutar talentos para a sua organização.

Eu quero fornecer algo verdadeiramente valioso nesse artigo. Mas, mesmo que não esteja contratando alguém neste exato momento, você pode fazer uso dos princípios contidos neste artigo para resolver outras necessidades. E, ainda, para aqueles interessados na otimização de suas taxas de conversão: a melhor forma de ter uma estratégia eficaz de CRO é atraindo pessoas talentosas, e que entendam de otimização, para a sua equipe.

O SEO é uma ferramenta extremamente poderosa, e, as estratégias que vou explicar aqui podem ser adaptadas para outros objetivos.

1. Crie no seu site uma seção sobre carreiras que seja de qualidade.

Se você quer atrair os melhores talentos, precisa de um site que seja impressionante.

E, para isso, esse “site impressionante” precisa ter uma seção de carreiras que seja de qualidade.

Em 2015, a agência de marketing de recrutamento da Nike, a TMP Worldwide, projetou a seção de carreiras da empresa com um texto inteligente e inspirador, possuindo ferramentas úteis de SEO e ótimos conteúdos. Por esse trabalho, a agência venceu o Webby.

O Google, também, criou uma seção sobre carreiras que é fantástica.

Em resumo: crie uma seção de carreiras no seu site que forneça informações úteis e que deixe impressionado qualquer um que esteja à procura de um emprego. Essas qualidades ajudarão a melhorar a imagem da sua marca.

As vagas disponíveis precisam estar divididas em categorias apropriadas e a interface de usuário precisa ser simples e intuitiva. Deve existir também alguma forma de busca para que a pessoa à procura de uma vaga possa encontrar as ofertas disponíveis que mais se aproximam dos seus requisitos.

Mesmo que tenha um negócio pequeno, você também deve criar uma seção sobre carreiras que seja informativa e de qualidade. Nesse caso, talvez não seja necessário ter uma função de busca ou uma categorização das vagas, mas as informações apresentadas e a experiência de usuário devem ser boas o suficiente para fisgar o usuário à procura de um emprego.

A seção de carreiras do seu site é a base de todo o SEO que vem a seguir.

2. Preste atenção nas suas URLs.

As URLs são importantes para o SEO e, em especial, para aqueles que estão em busca de um emprego.

Por quê?

Quem estiver à procura de um emprego provavelmente notará a URL. Se a URL for apenas uma fileira de símbolos e números, ela vai dizer pouco ou quase nada ao candidato.

Se, por outro lado, a URL contiver palavras-chave relevantes, isso aumentará as chances de se obter um clique ou de se fazer uma conversão.

URLs curtas e descritivas são as que funcionam melhor.

Eis o que uma URL de emprego deve conter (de forma apropriada): o nome da empresa, a designação da vaga oferecida, o local e a palavra-chave “empregos”.

3. Escreva meta títulos e descrições eficazes.

Meta títulos e descrições que sejam convenientes para o SEO podem ajudar as suas páginas que anunciam vagas de emprego a serem ranqueadas em uma posição melhor nas pesquisas.

Faça com que esses títulos e descrições sejam vistosos e atraentes. Lembre-se, você está oferecendo algo de valor. É algo que pode melhorar a vida de alguém. Saiba vender isso que você tem em mãos!

Eis aqui os elementos que você precisa incluir e os limites de caracteres que você deve utilizar.

Título (até 70 caracteres para PC e 78 para mobile): Título da vaga de emprego, local e o nome da empresa.

Descrição (até 165 caracteres): Título da vaga de emprego em detalhes, local, o nome da empresa + uma chamada para ação (por exemplo: veja agora, pesquise, se candidate, etc.)

Nesse mesmo escopo de questões, tente utilizar algum site como o onpage.org para realizar uma análise do seu SEO on-page. Você talvez perceba que existem algumas coisas que precisam de um reparo no seu código fonte, e, esses detalhes, podem te poupar muita dor de cabeça mais à frente.

4. Coloque os seus anúncios de emprego em alguns sites de emprego estratégicos. 

Entre no Google e pesquise por “Jobs in NY”. Confira os resultados.

Alguns dos sites mais proeminentes que aparecem na primeira posição da SERP (página de resultados) são o Craigslist (New York) (gratuito), Indeed (pago), New York Jobs (pago), CareerBuilder (pago), Monster (pago), LinkedIn (pago) e o NY Times (pago).

Agora, procure por “SEO Jobs in NY” e você vai perceber que as primeiras posições na SERP são monopolizadas pelos seguintes sites: Indeed, Jobs.net, Distilled (uma empresa mundial de SEO), Search Engine Land (um blog de SEO), LinkedIn e o Simply Hired. Todos esses são sites de emprego pagos.

O ponto no qual quero chegar é que você terá que competir com grandes empresas para conseguir os primeiros lugares na SERP, e essa será uma luta difícil.

Portanto, eis o que você deve fazer:

  • Faça uma pesquisa das SERPs e descubra quais são os sites de emprego que estão aparecendo nos resultados das consultas, para trabalhos específicos.
  • Faça uma lista de sites, tanto os pagos quanto os gratuitos. Lembre-se de que muitas das pessoas que estão em busca de um emprego não vão abandonar o Google só depois de olhar os resultados da primeira página. Assim, faça uma lista dos sites, sejam pagos ou gratuitos, que aparecem até a terceira página da busca.
  • Anuncie as suas vagas de emprego em todos aqueles sites locais que apareçam nos resultados e que sejam gratuitos. O Craigslist deve constar na sua lista.
  • Se o seu orçamento permitir, coloque as suas vagas de emprego nos sites pagos que estiverem nas melhores posições das buscas que você realizar.

Dessa forma, as vagas que você disponibilizar aparecerão no topo dos resultados, mesmo que o post do seu site não apareça.

 5. Crie um vídeo de emprego.

Se uma imagem vale mais do que mil palavras, um vídeo vale milhões. As pessoas que fazem buscas preferem assistir a vídeos e as ferramentas de busca reconhecem essa preferência.

Dê uma olhada neste vídeo. Ele fala sobre o papel de um Gestor de Contas de Mídia na Time Warner Media. Esse vídeo tem muitas visualizações, e você pode apostar que algumas pessoas em busca de emprego assistiram a ele e se candidataram à vaga.

Busque inspiração nos vários vídeos de emprego disponíveis no YouTube para criar o seu próprio. Se o título e a descrição forem ricos em palavras-chave, o seu vídeo será captado pelas ferramentas de pesquisa.

Esse seu vídeo pode ser sobre as atribuições da vaga de trabalho, ou sobre os desafios que os candidatos costumam enfrentar, as condições de trabalho que você está oferecendo, depoimentos dos seus funcionários e outras coisas que sejam capazes de interessar e atrair um candidato em potencial.

6. Divulgue nas mídias sociais.

Existem muitos grupos de emprego no LinkedIn, no Facebook e no Twitter. Poste as suas vagas e os seus vídeos de emprego nestes grupos.

O ideal seria que você interagisse e debatesse nesses grupos com aqueles que estão procurando um emprego, respondendo às suas perguntas sobre as expectativas que você, como empregador, possui em relação aos candidatos, sobre os salários, as condições de trabalho, os tipos de desafios que estarão presentes nas entrevistas e quaisquer outras coisas que te ajudem a se conectar com o seu público-alvo.

O seu post sobre empregos nas mídias sociais receberá uma excelente resposta se você tiver altos índices de engajamento.

7. Faça com que os seus posts de emprego sejam compartilháveis.

Todos os posts de emprego no seu site precisam ser compartilháveis. Aqueles que estão à procura de um emprego e que talvez pensem que o trabalho que você está oferecendo não é adequado para aquilo estão procurando, talvez compartilhem o seu post com os amigos, e, assim, podem ampliar o seu alcance.

Quando alguém está em busca de um emprego, muitas vezes essa pessoa pede aos amigos e familiares para que eles fiquem atentos às oportunidades que surgirem no mercado. O seu post pode não alcançar um candidato diretamente, mas ele pode chamar a atenção de uma mãe, um irmão ou um amigo que, por sua vez, vai compartilhar o post com alguma pessoa interessada nessa vaga de emprego.

Portanto, assegure-se de que os seus posts podem ser facilmente compartilhados pelas redes sociais ou por e-mail, para que eles possam se espalhar com mais facilidade.

Conclusão

Siga as táticas de SEO descritas acima para dar uma exposição maior ao seu post de empregos.

O SEO custa muito pouco, e todas essas táticas irão te ajudar a encontrar a pessoa ideal.

Se você não está numa agência de recrutamento, pode me agradecer por reduzir os seus custos de contratação (se você estiver numa agência de recrutamento, você ainda pode me agradecer por te ajudar a atrair um grupo ainda maior de talentos).

Quais são as dicas de SEO que você possui para atrair e contratar pessoas extremamente talentosas?

Comente este artigo

Populares

CONTEÚDO EXCLUSIVO. TÁTICAS UTÉIS. EMPREENDEDORISMO COMO NENHUM OUTRO.

Para fechar esta janela, clique na área escura.

CLOSE
Topo