X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Don-T-Tread-On-Me-Wallpaper
Política e Economia

Libertarianismo e a coação estatal

Libertarianismo ou Libertarismo vem crescendo no Brasil e no mundo. Devemos celebrar.

Com o crescimento do libertarianismo, tornaram-se comuns críticas apressadas e infundadas de quem o rejeita, considerando-o algo a ser imposto de cima para baixo. Nada mais falso, ao contrário, o libertarianismo apenas se mostra uma teoria cética com relação aos poderes centralizados, com princípio descentralizador sendo a propriedade individual. Portanto, antes de ser alvo de ataques, o oponente do libertarianismo precisa dar uma resposta satisfatória – pelo menos – às dez questões abaixo:

1) Como o estado, um monopolista compulsório da segurança, resolve o problema do cálculo econômico nesse setor?

2) A maioria numérica torna algo justo? Por que uma regra que tenha a metade mais um dos votos é necessariamente mais justa que as demais?

3) Se roubarem 100% do nosso trabalho certamente é escravidão, a partir de qual porcentagem não é? Por que 50% não é?

Se roubarem 100% do nosso trabalho certamente é escravidão, a partir de qual porcentagem não é?… Click To Tweet

4) Qual a validade de um contrato social se ninguém nunca assinou nada e ninguém vivo ou morto deu qualquer consentimento explícito nesse sentido?

5) Imagine um grupo de pessoas sempre alerta à possibilidade do surgimento de conflitos e, então, eis que alguém propõe, como solução a isto, que ele próprio se torne o arbitrador supremo de todos os casos de conflitos, inclusive daqueles em que ele mesmo esteja envolvido. Você toparia?

6) Dado que a economia é wertfrei (livre de juízos de valor), então, como economistas do mainstream podem concluir a existência do estado a partir da hipótese dos bens públicos? Um dever pode seguir de um ser?

7) Por que as propriedades do estado são legítimas se não foram apropriadas originalmente, mas sim por meio de decreto verbal ou eventualmente guerras? É justo se apropriar de terras por decretos e não por trabalho, nem por esforço próprio?

8) Sem governo estaríamos num caos moral? Se a resposta é afirmativa, então, como explicar o caos moral de hoje em dia e o fato indubitável que os seres humanos mais abjetos, mesquinhos e moralmente desinibidos são justamente aqueles que fazem as leis do governo e os que a cumprem?

9) Se imposto não é roubo, você pagaria tudo em dia e na exata quantia que se cobra caso fosse tudo voluntário?

10) Se um monopólio forçado é tão benéfico para todos, então por que tem que ser forçado? E se é forçado, como saber se de fato é benéfico?

Se um monopólio forçado é tão benéfico para todos, então por que tem que ser forçado? Click To Tweet

_

por LACOMBI LAUSS em VoxBrasilis

Comente este artigo

Populares

CONTEÚDO EXCLUSIVO. TÁTICAS UTÉIS. EMPREENDEDORISMO COMO NENHUM OUTRO.

Para fechar esta janela, clique na área escura.

CLOSE
Topo